quarta-feira, 10 de agosto de 2011

PARA O MEU FUTURO AMOR III

Quando no meio da noite,
De súbito,
Vier uma vontade irresistível
De me beijar,
Me beije!
E se no meio da noite
For a minha temperatura
Motivo de ansiedade
Aproxime-se!
Sonegue o meu sono,
Não se importe com as olheiras
Que sobrarem no outro dia...

OBS:Escrito especialmente para Lara http://mensagemefemera.blogspot.com que deixou um comentário muito querido no poema Retribua. Este é um poema para o teu futuro amor, minha querida amiga e poeta.

3 comentários:

  1. Que homenagem linda!
    Achei tudo a ver comigo. Minha cara mesmo.
    Obrigada pelo poema, Janete.
    No fim, você me conhece mais do que imagina.
    Beijo, sua fofa!

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais,que sensibilidade!

    ResponderExcluir

Comentar é irresistível...